Central Anitta » TThrowback
Arquivo da categoria 'TThrowback'
26
dez
16

O ano de 2016 tá acabando e, num ano de tantas realizações e momentos especiais para a Anitta, fica até difícil lembrar de todos de uma vez só e, por isso, a Central Anitta apresenta o TThrowback especial de 2016, com todos os momentos mais marcantes da cantora nesse ano que se encerra. Vamos, mês a mês, relembrar e enaltecer todos esses lacres que acompanhamos?

JANEIRO

Logo no início de 2016 foi ao ar a tradicional premiação Caldeirão de Ouro, onde as 10 músicas mais tocadas nas rádios do ano anterior são apresentadas. Anitta ficou em 4º lugar com “Deixa Ele Sofrer” e de bônus, performou “Bang” a pedido do apresentador Luciano Huck.
Na mesma noite, aconteceu o primeiro Chá da Anitta do ano no Circo Voador. Com ingressos esgotados, Anitta apresentou seus sucessos e dividiu o palco com Kelly Key, participação especial do Chá.
De surpresa, Anitta apareceu em um dos ensaios de rua da escola de samba Mocidade Independente de Padre Miguel e para homenageá-la, integrantes e interpretes da agremiação usaram camisetas personalizadas, com foto da musa estampada.
O clipe de “Essa Mina É Louca” foi lançado no dia 14, com participação especial da atriz Isis Valverde. Para o lançamento do clipe, Anitta fez um hangout em seu canal no Youtube com os fãs e também apresentou o primeiro TVZ Ao Vivo, onde interagiu com enquetes e desafios.
Anitta participou do DVD de Projota, gravado em São Paulo no Espaço das Américas. Durante a gravação da participação de Anitta na música “Faz Parte”, um dos fãs do rapper jogou uma latinha em direção da cantora, deixando Projota muito irritado. “Vocês não sabem o quanto essa mina (Anitta) fez por mim, ela me ama tanto quanto vocês (fãs)”, disse o rapper.
Após a maratona de lançamento do clipe de EMEL, Anitta foi para o Monte Líbano apresentar o primeiro ensaio do Bloco das Poderosas.
No dia 16 o clipe de “Bang” atingiu a marca de 100 milhões de visualizações.
Após postagens da Anitta nas redes sociais com legendas em espanhol, surgiram rumores de colaboração com o colombiano J Balvin. Os rumores foram confirmados pelo próprio empresário do cantor e a parceria se tratava de um novo remix de “Ginza” com participação de Anitta, que foi lançado no mês seguinte.
Anitta estrelou a campanha de prevenção da Aids, que ganhou clipe e paródia de “Bang”, feito pela CEDS da Prefeitura do Rio.
No dia 26 o DJ Tubarão lançou “Pra Todas Elas”, música com participação de Anitta e MC Maneirinho.
Com três meses de lançamento, o álbum “Bang” vendeu mais de 250 mil cópias (físicas e digitais), se tornando disco de platina.
No dia 30, Anitta fez sua primeira apresentação no festival Planeta Atlântida, como participação especial no show do ConeCrewDiretoria. Nos bastidores do festival Lulu Santos elogiou a cantora: “Pro pop brasileiro, ela nesse momento ta muito importante!“.

FEVEREIRO

No mês do carnaval, Anitta foi destaque nas grandes mídias, sendo capa de vários jornais e revistas.
No dia 07, Anitta estreou na Sapucaí como musa da Mocidade Independente de Padre Miguel e foi ovacionada ao desfilar.
Depois de vários ensaios e shows de carnaval, o Bloco das Poderosas finalmente saiu. Em sua estreia com bloco de rua, Anitta arrastou mais de 100 mil pessoas. Marcus Majella, David Brazil, Klebber Toledo, Giovanna Ewbank, Gabriela Pugliesi e Monique Alfradique fizeram parte da corte carnavalesca do Bloco das Poderosas.
Ainda divulgando seu single “Essa Mina É Louca”, Anitta participou do Caldeirão do Huck, onde cantou com Jhama, participou do quadro especial com fã e recebeu a placa de disco de platina do álbum “Bang”.
Com o fim do carnaval, Anitta partiu para Orlando com sua família e amigos. Durante a viagem, Anitta deu uma fugidinha até Santa Barbara e esteve em estúdio com Papatinho, DAE One e mais produtores internacionais.
Após adiamento, o clipe de “Ginza” com participação de Anitta foi lançado no dia 25 e debutou no iTunes de vários países.

MARÇO

Com interpretação de Anitta, a música “Com Que Roupa?” fez parte da trilha sonora do filme ‘Apaixonados’, que estreou nos cinemas dia 03.
Com a volta da Pepsi Twist, Anitta fez parte do comercial sendo uma ‘limoa’.
Como uma das embaixadoras da Adidas Women no Brasil, Anitta comandou uma aula de dança, para lançar o tênis Pure Boost-x.
Anitta fez parte do Sambabook de Jorge Aragão, onde cantou “Coisinha do Pai” e foi muito elogiada pelos diretores por ter gravado sua parte de primeira e sem precisar de ajustes.
O estilista Jeremy Scott veio ao Brasil para lançar sua coleção pela Melissa e convidou Anitta para prestigiar o lançamento da parceria. Mais tarde, durante a festa, Anitta foi clicada com os lábios inchados e a partir daí começou a polêmica com preenchimento labial.
Realizando seu sonho, no dia 19 Anitta fez parte do Arquivo Confidencial do Domingão do Faustão, onde recebeu depoimentos de Daniel Trovejani (ex-namorado), Nathália Santos, seus país e amigos de infância.
No dia seguinte aconteceu no Metropolitan o Melhores do Ano da FM O Dia, onde Anitta foi a grande vencedora, ganhando todas as categorias que concorria.
No fim do mês, para comemorar seu aniversário, Anitta viajou para Los Angeles, onde se encontrou novamente com produtores internacionais e com o DJ/produtor Diplo. E para finalizar as comemorações nos EUA, Anitta esteve na ANTi World Tour, de sua ídola Rihanna.

ABRIL

Chegando no Brasil, Anitta fez questão de comemorar seu aniversário com uma festa em sua casa com amigos.
No dia 06, no Barra Music, Anitta iniciou e finalizou a Bang Tour, onde apresentou parte das músicas do álbum “Bang”, com participações especiais. Após esse show, Anitta voltou se apresentar com a setlist antiga e apenas acrescentando os singles do álbum.
Foi ao ar dia 12 o primeiro programa do Música Boa Ao Vivo com Anitta, trazendo Jorge & Mateus e Sorriso Maroto como convidados. A estreia do Música Boa com Anitta foi líder de audiência entre os canais a cabo, com 1,7 milhão de espectadores!

MAIO

Em uma reportagem especial com Anitta, a revista UBC (União Brasileira de Compositores) divulgou que o álbum “Bang” já havia vendido mais de 300 mil cópias, se tornando disco de diamante.
Lançando seu primeiro (e único, até então) perfume pela Jequiti, a fragrância ANITTA foi um sucesso, esgotando nas primeiras semanas de venda. Anitta também lançou sua linha de cílios pela Bisou e sua coleção de roupas pela Denúncia Jeans.
Convidada pelo Paulo Ricardo, Anitta se apresentou ao lado do cantor no ‘Superstar’ com a música “Sexy”.
A atriz Mariana Ximenes esteve nos bastidores de um dos programas do Música Boa Ao Vivo para divulgar que “Essa Mina É Louca” faria parte da trilha sonora do filme ‘Uma Loucura de Mulher’.
Na madrugada do dia 13, Anitta liberou de surpresa o clipe de “Cravo e Canela” em seu canal no Youtube. O clipe foi gravado no dia 23 de março, em Sâo Paulo.
No dia 16 foi ao ar no programa A Liga os bastidores de um show da Anitta, mostrando o que uma fã fez e faz para conhecer sua ídola.
Divulgando “Cravo e Canela”, último single da era ‘Bang’, Anitta participou dos programas Hora do Faro, Legendários e Eliana.
Na madrugada do dia 23, Anitta e sua família foram surpreendidos quando um fã tentou invadir sua casa. O fã, felizmente, não estava armado e não houve agressão. Após a segunda tentativa de invasão, o sujeito foi levado para delegacia.

JUNHO

No dia 03 os fãs foram supreendidos com a notícia de que Anitta estaria internada no Rio de Janeiro. A cantora teve que cancelar seu show que estava marcado pra acontecer em São Paulo pois estava com suspeita de zika. Após 24 horas em observação, Anitta recebeu alta do hospital.
No mesmo dia, Anitta viajou para França, onde participou a convite da Warner Music do Midem Festival. No evento, Anitta falou um pouco sobre sua carreira no Brasil e apresentou a versão em inglês de “Bang”.
Pelo GNT, foi ao ar o programa Mulher com Anitta no dia 14. No programa, a cantora falou sobre sua carreira, infância, projetos e empoderamento.
Com lançamentos dos ensaios para Cosmopolitan Brasil e WOW Magazine, foram divulgadas fotos da Anitta para Harper’s Bazaar Spain. Em uma das fotos do ensaio, Anitta apareceu com Pablo Morais, seu affair na época.

JULHO

Começamos o mês de julho já com a confirmação do próximo single da Anitta: ‘Sim Ou Não‘. Em entrevista à Glamour Brasil, a cantora confirmou tanto a música, quanto a parceria com o Maluma, e também adiantou que sairia até o fim daquele mês.
Logo depois, no dia 03, era pra Anitta fazer sua estreia no festival Villa Mix mas, por conta de uma confusão e irresponsabilidade dos produtores, não aconteceu, já que a cantora tinha uma viagem marcada ao México, e não pôde ceder aos pedidos dos mesmos para adiar seu show.
E por falar em México, foi pra lá que a cantora voou no dia seguinte para gravar o clipe de ‘Sim Ou Não‘, juntinha com o Maluma. O lacre, a gente conferiu mais tarde naquele mês.
Feito no mês de junho, um ensaio lindo da Anitta para a revista WOW foi liberado nesse mês, nele, a cantora foi fotografada em casa e está toda à vontade, de shorts e regatinha fazendo caras e bocas.
Nesse mesmo mês, tivemos a confirmação de um dos maiores feitos de toda a carreira da Anitta: o que ela estaria na abertura da Rio 2016, que viria a acontecer em agosto. A cantora subiria no palco ao lado de dois ícones da música brasileira: Caetano Veloso e Gilberto Gil, à convite dos dois.
Sobre ‘Sim Ou Não‘, Anitta fez um Q&A sobre o single em seu Facebook, lá, ela poderia responder só ‘sim’ ou ‘não’ para as perguntas dos fãs. Para nos deixar ainda mais ansioso, ela ainda liberou o making of do clipe antes do lançamento oficial, que aconteceu no dia 27. O single foi um sucesso (e continua sendo até hoje), atingiu mais de 2 milhões de visualizações no Youtube em 24hrs e atingiu o top 5 do Spotify rapidamente.
Ainda sobre lançamentos, em julho podemos ouvir ‘Coisinha do Pai‘ na voz da Anitta, quando foi lançado o Sambabook Especial Jorge Aragão; e ficamos conhecendo a BOOMPOP, marca de cosméticos da cantora, através dela, Anitta lançou uma linda de esmaltes e uma de batons.
Na TV, acompanhamos os ensaios da Dany Hypólito para as Olimpíadas no Fantástico, que contaram com a participação da Anitta e também assistimos a participação Família Macedo no Tamanho Família, e foi um amor só ver a Miriam, mãe de Anitta, homenageando a cantora. 😍

AGOSTO

Com todo buzz que Anitta estava ganhando com as Olimpíadas, ela foi entrevistada pela Billboard dias antes de entrar no Macaranã para cantar para bilhões de pessoas. Ela relatou ainda estar desacreditada com o convite de Caetano e Gil, mas ao mesmo tempo muito feliz.
E por falar em revista, Anitta mostrou sua nova casa à QUEM naquele mês. Num ensaio mais intimista, foi mostrado cada detalhe da decoração da nova mansão da cantora, avaliada em 10 milhões de reais e localizada na Barra da Tijuca – RJ.
A abertura da Rio 2016 aconteceu no dia 05 daquele mês. Anitta subiu ao palco, ao lado de Caetano Veloso e Gilberto Gil, para cantar ‘Isso Aqui, O Que é?‘ quase no finalzinho da festa e todos os olhares foram pra ela. Algo que deixou até a imprensa internacional impressionada, alguns veículos importantes fizeram comparações, da Anitta com Beyoncé, Shakira e Ariana, outros chamaram a performance de ‘graciosa‘ e resumiram a cantora como a ‘nova sensação brasileira‘.
No dia seguinte, Anitta foi até o Caldeirão do Huck, apresentar seu atual single, ‘Sim Ou Não‘, e mostrar os bastidores do dia posterior.
Em agosto, Anitta ainda gravou uma participação no DVD do cantor Luan Santana, o dueto ‘RG‘, e podemos acompanhar a mesma na divulgação da sua mais recente música de trabalho. Ela marcou presença no Encontro com Fátima Bernardes, Programa da Sabrina e no Hora do Faro.

SETEMBRO

O mês de setembro começou com ótimas novidades: Anitta estava confirmada no Just Dance 2017, com o hino ‘Bang‘, e também nos shows que o tenor Andrea Bocelli viria a fazer pelo Brasil, algo único e muito importante pra carreira da cantora.
Nesse mês, Anitta ainda continuou com a promoção de ‘Sim Ou Não‘. Na TV, ela foi no Programa do Porchat, Programa Raul Gil e no Legendários, nesse último, tivemos a sapatada dela no Victor Sarro, quando chamada de assanhada, quem lembra? Já nas rádios, ela marcou presença na Rádio Disney, Rádio Tang, Metropolitana, Transamérica e Gazeta FM. Através delas, a cantora desmentiu boatos de um novo DVD, que circulava na época, confirmou que estaria mais uma temporada no comando do Música Boa, dentre outros burburinhos que rolavam.
E foi em setembro, que o hino ‘Pra Todas Elas‘ foi finalmente reconhecido e recebeu uma indicação ao Grammy Latino, como Melhor Música/Parceria Urbana! Lançado como single promocional do álbum de estreia do Tubarão, ele conta a participação da Anitta e do Maneirinho. O DJ marcou presença na premiação, mas não foi agraciado com o prêmio.
Mas como nem tudo são flores, a situação de um cisto nas cordas vocais da Anitta se agravou, formando um edema, algo que fez com que a cantora tivesse que fazer um repouso vocal absoluto, cancelando shows e sua participação em um dos programas do Música Boa. Nossa fave seguiu todas as recomendações médicas e se recuperou o mais rápido possível.
Para encerrar o mês, ficamos sabendo de um novo contrato assinado pela cantora: o com a WME Entertainment, empresa que agencia diversos artistas internacionais e que vai representar a Anitta fora do Brasil, seja na música, cinema, televisão e outros meios artísticos. De acordo com a carioca, esse é “apenas o primeiro passo” da sua carreira internacional.

OUTUBRO

Em outubro, Anitta estreitou ainda mais sua parceria com a Niely Gold, que já vem patrocinando seus trabalhos desde 2015, sendo a cantora uma das embaixadoras da marca. Com isso, foram liberados dois novos vídeos da carioca para a marca: um comercial emocionante e uma paródia de ‘Sim Ou Não‘, para divulgar a Bomba de Hidratação Chocolate, linha que nossa fave é garota propaganda.
Além disso, a cantora ainda mudou o visual em outubro, e mostrou o resultado em primeira mão à Vogue Brasil. Quem lembra das primeiras selfie com o corte long bob? Foram vários tiros!
Nesse mês, Anitta também cantou com um dos ícones do mundo da música: o tenor Andra Bocelli, em São Paulo e em Curitiba. A carioca subiu ao palco, no primeiro show, com vaias, mas não se abalou, fez uma apresentação linda e foi aplaudida de pé pelo público.
Dando segmento aos lacres, o Prêmio Multishow 2016 chegou e Anitta foi com tudo à premiação! Ela estava indicada em 8 categorias, saiu vencedora de duas, Melhor Show e Melhor Música, com ‘Blecaute‘, mas o que rendeu mesmo foi sua performance. Com 8 minutos em cima do palco, nossa fave deixou o público presente e o pessoal de casa boquiaberto (e até agora ainda estamos) apresentando um medley dos seus maiores sucessos, indo desde as músicas mais chicletes até as baladas e chegando ao ápice da apresentação: o ‘Movimento da Sanfoninha‘.
E por falar em apresentações especiais, quem lembra do evento para a Sempre Livre? A campanha ‘A Música Me Move‘ aconteceu pelo Twitter e mobilizou fãs de diversos estados, mas os sortudos foram os fãs de Pernambuco, que puderam assistir Anitta em um show exclusivo na cidade de Recife.
Pra finalizar o mês, Anitta foi eleita a 5ª mulher mais sexy do mundo, pelos leitores da VIP.

NOVEMBRO

Logo no comecinho do mês pudemos conferir algumas novas parcerias que Anitta havia feito: ‘RG‘, música do novo projeto de Luan Santana, e ‘Felicidade‘, música do DVD de comemoração dos 15 anos da Psirico.
Na TV, Anitta marcou presença em alguns programas, o Teleton 2016, onde compareceu nos dois dias e finalmente conheceu o Silvio Santos; o X Factor Brasil, o Esquenta, que havia sido gravado em agosto, além disso, ainda participou do Vai Que Cola, no episódio ‘Ausência de Anitta’ e do Programa do Jô, na temporada de despedida do apresentador.
Nesse mês ainda podemos conferir a nova campanha da Anitta para a Relógios Condor, marca que ela vem sendo garota propaganda desde o começo desse ano, e morrer de orgulho com o pisão dela ao vivo na Maratona da Alegria / Villa Mix, que aconteceu no Rio de Janeiro. Em determinada hora do show, a cantora resolveu desabafar sobre os ‘pobres de espírito’, como ela mesma falou, que a julgam por cantar e dançar funk, além do fato de ser mulher. O discurso repercutiu na internet inteira, ecoando o “eu prefiro ficar sozinha do que ser subordinada” por dias.
E encerrando o mês, Anitta gravou, junto com Simone & Simaria, o clipe de ‘Loka‘, música das coleguinhas em parceria da carioca. O clipe foi gravado em estúdio, tem troca de figurino, boy, muita sensualidade e brocação.

DEZEMBRO

No começo desse mês, já ficamos sabendo de uma novidade para o próximo ano: Anitta está na lista de atrações do Planeta Atlântida 2017, onde ela já se apresentou no começo desse ano, como participação especial no show da Cone Crew. No próximo ano, ela voltará num show solo e como uma das headliners do festival.
Nesse mês, ‘Sim Ou Não‘ continou bombando e fazendo sucesso, com a intenção de atingir um público ainda maior, Anitta liberou a versão totalmente em espanhol da música e do clipe, sem muito alarde ou divulgação.
E por falar em sucesso, o primeiro perfume da cantora para a Jequiti foi um estouro em vendas e uma nova fragrância da Anitta para a marca foi liberada e já está a venda.
Nas premiações, Anitta encerrou o ano muito bem. Ela foi eleita Cantora do Ano na Cariocas do Ano, da revista Veja, e Melhor Cantora no Melhores do Ano 2016 – Troféu Domingão, nessa segunda, ela fez questão de dividir o prêmio com Marília Mendonça e Ivete Sangalo, com quem concorria nessa categoria.
Anitta ainda participou de alguns programas de TV nesse finalzinho de ano: o Altas Horas, num especial de Natal com convidados pra lá de especiais, o Fantástico, no amigo secreto com outros artistas e famosos que marcaram 2016, o Máquina da Fama e o Show da Virada, programa anual e especial de fim de ano da Globo, que vai ao ar hoje.

Prêmios recebidos pela Anitta em 2016
  • As 100 Mais Sexys do Mundo – 5° lugar: Anitta
  • Caldeirão de Ouro – 4° lugar: Deixa Ele Sofrer
  • CH Awards – Melhor Cantora Nacional: Anitta
  • CH Awards – Melhor Hit Nacional: Sim Ou Não
  • Melhores do Ano · Troféu Domingão – Melhor Cantora: Anitta
  • Melhores do Ano FM O Dia – Melhor Música: Na Batida
  • Melhores do Ano FM O Dia – Melhor Grupo/Artista: Anitta
  • Melhores do Ano FM O Dia – Melhor Clipe: Deixa Ele Sofrer
  • Melhores do Ano FM O Dia – Melhor Artista Solo: Anitta
  • Meus Prêmios Nick – Cantora Favorita: Anitta
  • MTV Europe Music Awards – Melhor Artista Brasileiro: Anitta
  • Prêmio Cariocas do Ano · Revista Veja – Cantora do Ano: Anitta
  • Prêmio Jovem Brasileiro – Melhor Cantora Jovem: Anitta
  • Prêmio Multishow de Música Brasileira – Melhor Show: Anitta – Bang Tour
  • Prêmio Multishow de Música Brasileira – Melhor Música: Blecaute – Jota Quest ft. Anitta
Matheus Postagem por: Matheus
25
out
16

Desde que estourou pelo Brasil inteiro, em 2013, Anitta é figurinha carimbada no Prêmio Multishow de Música Brasileira, realizado anualmente pela emissora.

Em 2016, a cantora irá participar pela quarta vez da premiação, e já que estamos em contagem regressiva para o início da mesma, vamos relembrar a história da nossa fave no PMMB?

Em 2013, Anitta fez sua estreia de forma triunfal na premiação. A cantora chegou no tapete vermelho usando apenas um blazer preto, hot pants e, com pernas de fora, brincou “não vim nem de meia-calça“.
Naquele ano, a carioca performou um medley de seus sucessos mais dançantes da era ‘Anitta‘: abrindo com o hino ‘Show das Poderosas‘, ela ainda cantou ‘Meiga e Abusada‘ e encerrou com ‘Não Para‘:

Ela havia sido indicada em 3 categorias: Música Chiclete e Melhor Clipe, com ‘Show das Poderosas‘, e Artista Revelação, essas duas últimas votadas pelo Júri Técnico. A cantora levou para casa as duas primeiras categorias citadas.

Já em 2014, a cantora chocou todos os presentes e aos que assistiam de casa com seu look. Ela apareceu vestindo peças da sua coleção para a Coca Cola Clothing, que ela assinou na época, toda em paetê, body de tela vazado e com dreadlocks no cabelo, passando longe do básico.
Na noite, Anitta participou do ‘Bloco Funk’ dentre as apresentações da premiação, e performou ‘Blá Blá Blá‘.

Apesar de ser um dos grandes destaques da noite, ela não levou nenhum das indicações das que havia sido indicada: Melhor Cantora, Melhor Música com ‘Zen‘ e Melhor Clipe TVZ com ‘Na Batida‘.

No ano passado, Anitta voltou com tudo! Usando apenas um vestido preto básico, a cantora deixou seu nome marcado por conta da sua performance e prêmios ganhos naquela noite.
Deixando seus hits de lado, a carioca participou de uma homenagem aos 40 anos de Caetano Veloso e Gilberto Gil. Cantando ‘Gatas Extraordinárias‘, Anitta mostrou toda a sua versatilidade:

Já em questão de prêmios, ela estava indicada à Melhor Cantora, Novo Hit com ‘Deixa Ele Sofrer‘, Música Chiclete com ‘Cobertor‘, Melhor Música com ‘Ritmo Perfeito‘ e Melhor Show, Anitta levou as duas últimas, fazendo dela a grande vencedora da edição

Hoje, 25, Anitta participa mais uma vez do Prêmio Multishow e, sendo a mais indicada da noite, ela está concorrendo em 7 categorias: Melhor Cantora, Melhor Show, Música Chiclete, Melhor Clipe TVZ, Hit do Ano, Melhor Clipe, todas essas últimas 4 com ‘Bang‘, além disso, ela ainda concorre à Melhor Performance no Música Boa Ao Vivo, ao lado de Skank e Lenine. Esses últimas 3 categorias citadas são do Superjúri, já as outras são do Júri Popular. A cantora ainda ‘faz um feat‘ na categoria Melhor Música, onde ‘Blecaute‘, da Jota Quest foi indicada.

Lembrando que Anitta tem sua performance confirmada, mas, até o momento, não temos confirmação da música de sua performance solo, apenas sabemos que ela performará ‘Blecaute‘, com a Jota Quest.

O mutirão da categoria Melhor Clipe TVZ, com a hashtag #AnittaMelhorClipeTVZ, continua rolando lá no nosso Twitter, já a noite, a cobertura completa da premiação também acontecerá no nosso perfil, não perca!

Matheus Postagem por: Matheus
13
out
16

BANG! É com essa expressão, que começamos mais um TThrowback aqui do nosso site, dessa vez, falando sobre um dos maiores, se não o maior, sucessos da Anitta: o álbum ‘Bang‘!

Lançado a exatamente um ano atrás, esse é o terceiro álbum de estúdio da cantora, projeto que serviu para firmar mais ainda o nome dela no nosso país e, consequentemente, quebrar records e elevar sua carreira à um nível que ela (nem nós) imaginava.

Para comemorar esse dia tão especial, vamos relembrar cada detalhe desse lançamento?

Eclético“. Era essa a palavra que Anitta usou desde o começo para definir seu próximo projeto, e foi isso que nós vimos. Em entrevista, em agosto de 2015, a cantora revelou: “Ele [‘A3’, até então] mistura tudo. Pela primeira vez eu consegui fazer um álbum realmente eclético“. Para completar, ela ainda resumia ‘Bang’ como: “Inovador, inesperado e irreverente“.

Desde junho do último ano os surtos sobre o novo álbum começaram, quem lembra? No comecinho do mês, Anitta revelava informações sobre ‘Deixa Ele Sofrer‘, que serviu como carro-chefe desse novo trabalho, e que já recebeu um post especial aqui no nosso TThrowback.

Além disso, nesse mesmo mês, foi revelado o diretor artístico do álbum: Giovanni Bianco, que veio a ser responsável por toda a identidade da era, desde a capa do álbum até a direção de dois clipes oriundos dele. Sobre essa parceria, a cantora revelou: “Fiz uma reunião com Giovanni e dei a ele a missão de agradar a todos os públicos que eu atinjo, de crianças à comunidade gay. Em duas semanas, ele veio com uma proposta tão única, tão impressionante que eu cheguei a chorar.”
Dirigida por Giovanni, Anitta foi clicada por Gui Paganini naquele mesmo mês, com a promessa de um visual “totalmente diferente“.

Para atiçar ainda mais seus fãs, a cantora atualizou suas redes sociais comentando sobre o álbum:

Depois do lançamento do primeiro single do álbum, em julho, o Brasil todo ficou ainda mais curioso sobre o que estava por vir na carreira da Anitta. Em agosto de 2015, ficamos sabendo o nome de diversas músicas do álbum, além dos compositores delas. Entre eles estavam Jhama, Dubeat e ConeCrew Diretoria, que viriam a ser confirmados como parcerias do álbum depois. Além desses, Projota já estava confirmado como compositor de uma das faixas.

Em setembro de 2015, a cantora prometeu uma ‘nova Anitta‘, tanto na imagem quanto na música, e completou falando que mudaria o visual para a divulgação da era, no fim, ela só cortou as pontas do cabelo e deu uma clareada, nada muito radical.
Nesse mesmo mês, Giovanni Bianco foi confirmado como diretor do vídeo clipe da música que daria nome ao álbum, até o momento, o nome ‘Bang‘ não havia sido confirmado, mas já estava entre os favoritos dos fãs, entre os nomes das músicas já reveladas.

Até outubro de 2015, tudo o que sabíamos era que naquele mês aconteceria o lançamento do álbum, sem dia revelado. Mas, no comecinho do mês, dia 02, mais exatamente, a deserto tour estava chegando ao fim.
Começaram a circular pela cidade do Rio de Janeiro ônibus com ‘Bang!‘ estampado no vidro traseiro, algo que gerou especulação no fandom, já que tínhamos uma música com esse mesmo nome entre as registradas.

E, naquela mesma tarde, todo o conteúdo do álbum caiu na internet, através de um serviço de stream. Desde a capa do álbum até a tracklist e data de lançamento do mesmo. Quem lembra dos surtos?
Minutos depois a hashtag #AnittaIsBack já figurava os assuntos mais comentados no Twitter, bem como os avatares com a estética da era. E assim, se iniciou a contagem regressiva para o single e álbum ‘Bang‘.

No dia 05daquele mês, Anitta lançou um desafio entre seus fãs, que tinha como prêmio assistir ao lançamento do clipe de ‘Bang‘ em um cinema em que ela estaria presente. Para isso, bastava colocar a hashtag ‘Bang + single do estado’ no twitter e o mais citado receberia a cantora para o lançamento. O pessoal do Rio de Janeiro fez bonito e assistiu ao clipe com exclusividade no dia 08, com a cantora em um cinema da capital.

Antes do lançamento oficial, ainda foram liberadas as letras das músicas do álbum, de forma aleatória. Através de um site, era possível tweetar os trechos que os fãs mais gostassem. Os tweets com as letras foram usados, posteriormente, em lyrics vídeos de algumas músicas do álbum.

No dia 09, o clipe de ‘Bang‘ foi finalmente lançado no Youtube da cantora, e logo depois, teve sua estreia no TVZ, que foi apresentado por Anitta. O clipe foi um estrondo, recebendo mais de um milhão de visualizações por dia, chegando ao seu centésimo dia com 100 milhões, algo inédito, até então, para um artista brasileiro. A música ficou disponível nas plataformas digitais naquele mesmo dia e, no iTunes, ela vendeu mais 500 cópias em suas primeiras 24hrs, figurando o top 10 por semanas, bem como o álbum, que entrou em pré-venda no mesmo dia.

E por falar em pré-venda, foi com ela que ‘Bang‘ ganhou seu primeiro certificado: o de ouro. Quando foi lançado, no dia 13 de outubro de 2015, digital e fisicamente, o álbum já havia vendido mais de 40 mil cópias, algo que a Warner Music Brasil, gravadora da Anitta, não havia conseguido desde 2013.

O álbum, produzido por Mãozinha, Umberto Tavares, Rafael Castilhol e Papatinho, conta com composições da própria Anitta, Jhama, Jorge Bispo, o pessoal da Cone Crew, Projota e seus grandes parceiros de composições, Jeferson Junior e o já citado, Umberto Tavares, foi elogiado pela crítica.
Para Luis Lima, da Revista VEJA, o álbum é sonoramente mais ousado e experimental dos anteriores da cantora, e que a mesma cumpriu com o objetivo de fazer uma música mais plural e de alcance a diferentes públicos, fazendo um CD mais eclético e ‘internacionalizado’.
Já Rodrigo Ortega e Braulio Lorentz do portal G1 disse que “no geral, Bang mira com precisão no pop, embora erre o alvo tantas vezes. Quando acerta, aí é para matar.” Mauro Ferreira, do site Notas Musicais, disse que Bang é o melhor álbum de Anitta e que era superior a seus dois álbuns lançados anteriormente. Ele classificou a faixa-título junto com as canções ‘Gosto Assim‘, ‘Deixa a Onda Te Levar‘ e ‘Me Leva a Sério‘ como as melhores do CD.

A turnê de divulgação do álbum se iniciou no dia 07 de abril de 2016, no Barra Music, Rio de Janeiro. Com a casa de shows lotada, Anitta contou com convidados bem especiais no show de estreia: Cone Crew, Jhama, Vitin e Projota. Até o momento, a turnê ainda está em andamento.

Bang‘ teve, no total, 4 singles: ‘Deixa Ele Sofrer‘, a faixa homônima, ‘Essa Mina É Louca‘, que conta com a participação de Jhama, e ‘Cravo e Canela‘, que teve Vitin, da Onze:20, como convidado especial.
Deixa Ele Sofrer‘: estreou oficialmente como carro chefe do álbum ‘Bang‘ em 16 de julho de 2015. A música composta por Anitta, em parceria de Umberto Tavares e Jefferson Junior, traz uma versão da cantora, mais ‘pop chiclete’, mas sempre seguindo a ideia de woman power: “Quis ressaltar a questão da autoestima na relação entre homem e mulher“.
Bang‘: Lançada como segundo single do álbum homônimo, estreou em 9 de outubro de 2015, assim como seu vídeo clipe. Logo na capa do single, já vemos a nova ideia que Anitta queria passar para seu público: “queria algo revolucionário, que todas as idades curtissem, que fosse universal“, disse ela. A canção, composta pela em parceria com Umberto Tavares e Jefferson Junior, caminha entre o pop e o trap, com influências do eletrônico e funk dos anos 70 e, de acordo com Anitta, “é uma música que pode ser cantada para qualquer tipo de público. Assim como um tiro certeiro ao alvo, é um canto de vitória“.
Essa Mina É Louca‘: confirmada como terceiro single do álbum ‘Bang‘ no começo de dezembro de 2016 e lançada oficialmente como single dia 14 de janeiro de 2016, assim como o vídeo clipe da canção. A música foi composta por Jhama e Luiz Bispo, tendo esse primeiro como participação especial, e produzida por Rafael Castilhol.
Cravo e Canela‘: A canção foi composta por Jhama e Pablo Bispo, conta com a participação especial de Vitin, vocalista da Onze:20, e foi lançada oficialmente como single no dia 12 de maio de 2016, assim como seu clipe.

Em 3 meses de lançamento, o álbum conseguiu o certificado de platina, por 250 mil cópias vendidas, físicas e digitalmente e, dois meses depois, foi revelado que o álbum já havia vendido mais de 300 mil cópias, logo se tornou o primeiro disco de diamante da cantora.

No total, a era ‘Bang‘ já ultrapassa a marca de 480 milhões de visualizações no Youtube e 82 milhões de reproduções no Spotify.


Bang: Anitta em seu sentido mais figurado ou literal

Nove de outubro de dois mil e dezesseis. Um ano desde o lançamento do hino nacional brasileiro de muito mais que uma música junto com seu videoclipe. Lembramos muito bem de ouvir uns toques de piano darem introdução a uma sequência de batidas familiares, essas que nos apresentariam a outra sequência, só que agora de saxofones animados e também familiares. Também nos lembramos dos raios “abrindo” os monitores e nos levando a uma nova direção, onde lá havia, andando em nossa direção, uma formosa silhueta que logo tomaria as mais belas cores e expressões. Tudo isso acompanhado pelas frases que grudariam em nossas mentes pelos próximos meses (quem sabe, para sempre rs) na voz que sempre nos fez rebolar a nossa bunda hoje e não faria diferente, no momento.

São tantas emoções… Lembra-nos até o quanto que essa voz teve que cantar. O quanto que essa silhueta teve que dançar. O quanto de aprendizado que a dona disso tudo teve de adquirir para enfim fazer o que ela faz: dar o tiro certo em nós. O primeiro tiro foi dado pela menina má que conquistou o Rio de Janeiro e os olhares e os corações dos funkeiros cariocas. O segundo tiro ficou por conta do show das poderosas que conquistaram metade do país e provocaram a ira da outra metade, rs. Para tristeza dos provocados e para a alegria dos conquistados, a batida que nos deixa sem pensar puxou o gatilho por mais uma vez, e ainda com um ritmo mais que perfeito. Finalmente, o tiro recente foi assim, na cara dura mesmo, anunciado como um, dado como um, com alvo, ruído, efeito e tudo (BANG!). Este último mal tem um ano.

Falar de Anitta e seus feitos é sempre uma confusão denotativa ou conotativa. Ao mesmo tempo em que alegamos estar em um “tiroteio” diante dos fortes acontecimentos de sua impecável carreira, “levando vários tiros” ou ficarmos “mortas”, sabemos que nossa cantora não levanta mão pra ninguém, muito menos uma arma, rs. Tal explicação chega a ser estúpida. Contudo, o que ela faz atinge o objetivo, rende frutos, agrada, desagrada, estende-se, movimenta-se, faz barulho, influencia vidas… Um verdadeiro tiro certo, rs.

Com seu mais recente ícone vídeo-musical, não seria diferente. Bang é a superação de seus hits patronos antecessores. Estes que haviam conquistado muitos públicos, um mais que outro, foram superados pelo mais recente disparo de Anitta. Menina Má, Meiga & Abusada, Show das Poderosas, Zen, Na Batida, Ritmo Perfeito, Deixa Ele Sofrer… Todos eles têm em comum a qualidade de ser um meio a alcançar um objetivo, que pode vir a ser a satisfação popular, o maior número de views, as maiores reproduções radiofônico, o registro de um marco cultural histórico, talvez. Bang não é diferente neste aspecto mas tem sua singularidade: é um tiro certo e explícito, em letra e arranjo. Carrega consigo a conotação artística que há em cada som e, ao mesmo tempo, a denotação de acabar sendo, de fato, um tiro certo em todos nós.

Bang é o que há de literal e também figurado em Anitta. O fenômeno da natureza que arrasta lonas e multidões e que traz a multidão para performar os mesmos passos daquela silhueta que tomava cor e seguir com aquele som proveniente do piano, das batidas e dos saxofones. É uso do termo “dominação” em seu sentido figurado mas que acaba mobilizando a dª de casa em seus afazeres, o pedreiro em seu intervalo, o empresário em sua festinha privada, o rockeiro que pega o funk e brinca com ele junto de sua guitarra, as crianças e seus algodões doces, as gays discretas e as afeminadas, as mulheres do forró, do samba e das raves. Em suma, é um verdadeiro tiro certo em todo mundo.


Prêmios e indicações da era Bang

Deixa Ele Sofrer
Melhor Clipe Nacional (Capricho Awards)
Melhor Hit Nacional (Capricho Awards)
Melhor Clipe (Melhores do Ano FM O Dia)
Novo Hit (Prêmio Multishow de Música Brasileira)

Bang
Música Nacional (Geração Z Awards)
Clipe Nacional (Geração Z Awards)
Clipe do Ano (MIXME Awards)
Música do Ano (Radio Disney Brasil)
Música Chiclete (Prêmio Multishow de Música Brasileira)
Melhor Clipe TVZ (Prêmio Multishow de Música Brasileira)


Anitta já deu adeus à essa era maravilhosa e, muito provavelmente, já está preparando uma nova! Nós, da Central Anitta, mal podemos esperar para ver o que ela está preparando, e você?

15
jul
16

Há exatamente um ano, estávamos em contagem regressiva para ‘Deixa Ele Sofrer‘, single que abriria os trabalhos de divulgação do terceiro álbum de estúdio da Anitta. Com um segredo guardado a sete chaves, as únicas informações que tínhamos da música eram: seus compositores, a capa do single e algumas informações do clipe.

Em comemoração à esse marco, nesse post montamos uma timeline desse lançamento, relembrando os feitos, lives, records e muito mais dessa música, que preparou terreno para a melhor, maior e mais aclamada era da nossa cantora favorita.

No dia 08 de junho de 2015, na Rádio Regional, Anitta revelou o nome da música que abriria os trabalhos de seu próximo álbum: ‘Deixa Ele Sofrer‘, que veio a ser registrada no ECAD no dia 10 daquele mês e, nesse mês dia, teve sua data de lançamento divulgada: 16 de julho de 2015.

Composta por Anitta, Umberto Tavares e Jefferson Junior, a canção ressalta a questão da autoestima na relação entre homem e mulher: “Falamos de um rapaz que fez pouco caso de uma menina e, ao invés de ela se abater, resolveu deixar pra lá, o que resultou numa reviravolta que o fez ficar atrás dela“, revelou a interprete, sobre a canção e o clipe da mesma. Já sobre a sonoridade de ‘Deixa Ele Sofrer‘, a carioca definiu como “um estilo mais abrangente do que fiz até então: batidas, ritmo, andamento e linguagem. Algumas características de hip hop e pop serão percebidas de forma sutil“.

Com a data de lançamento de sua próxima música de trabalho revelada, a cantora já começou os preparativos para gravar o clipe da mesma. E, no dia 24 de junho, em São Paulo, aconteceram as gravações. Com direção da Anitta e do colombiano Gustavo Camacho, patrocinado pela Tang e com os figurinos assinados pela Moschino e Amapô, o clipe foi rodado em plano sequência teve 3 ambientações: Barbearia Corleone, Zé do Hamburger e Beco do Batman. Para completar, o clipe tem a participações dos André Bankoff e Bernardo Velasco.
Este trabalho segue uma linha bem irreverente, com várias coreografias e muita interação com os bailarinos. As locações e roupas trazem uma estética divertida e cool que eu queria para o clipe. Os lugares e o figurino chamam tanta atenção quanto o resto. Tudo na medida certa. Como num casamento perfeito“, revelou a cantora em uma entrevista.

No dia 13 de julho, finalmente foi revelada a capa do single. Nela, já podemos ver um pouco da estética do clipe: colorida e com Anitta (ainda) mais mulherão. Além disso, é possível observar uma nova versão da cantora, agora mais pop e polida, como uma nova logo, mais limpa e profissional.
Nesse mesmo dia, foi liberado pelo PapelPop, um vídeo dos bastidores do clipe, com a cantora conversando com o portal e falando um pouco sobre o lançamento:

No dia seguinte, 14 de julho, trechos da música e do clipe caíram na rede, o primeiro pelo Hugo Gloss, já o segundo, pelo canal Multishow, em uma chamada do TVZ. Além disso, a Tang, patrocinadora oficial do clipe, também liberou um making of exclusivo dele, com cenas dos bastidores e trechos da música:

Dando continuação ao vazamentos, ‘Deixa Ele Sofrer‘ vazou no dia 15 de julho, um dia antes de seu lançamento oficial, através de uma rádio virtual. Anitta não se mostrou triste ou abalada, muito pelo contrário, segundo ela, com todo o trabalho que teve e estava tendo com o lançamento, não deu tempo de ficar chateada.

A cantora ainda comentou que estava se sentindo a Madonna, já que isso de vazamentos nunca tinha acontecido na carreira dela, sendo algo bem raro de acontecer no Brasil, e que não sabia como isso aconteceu, já que nem sua mãe tinha a música.

E finalmente, 16 de julho chega! Dia do lançamento oficial da música e do clipe de ‘Deixa Ele Sofrer‘. A música foi liberada primeiramente no Spotify, já o clipe estreou através de um Hangout, realizado no canal oficial da cantora. Lá, ela interagiu com fãs através da webcam, conversou, brinco e divulgou o seu mais novo clipe. Vamos relembrar?

Após o lançamento, o site Ultimate Music, elogiou o single da cantora, a nomeando como Katy Perry Brasileira. Josep Vinaixa, que escreveu a crítica, descreveu a música como um novo hino para a rádios, definindo como um pop muito bem executado, grudento, amigável e meio viciante. Além de terminar seu texto comentando que já era hora da Anitta se lançar no mercado internacional.

Anitta considerou o clipe de ‘Deixa Ele Sofrer‘ o melhor que ela já havia lançado, até aquela data, e seu público deve ter concordado. Em pouco mais de 5 horas, o clipe atingiu a marca de 150 mil visualizações, alcançando 1 milhão em menos de 24 horas, e fechando seu primeiro dia com mais de 1,2 milhões de visualizações, fazendo com que a cantora quebrasse seu próprio record, que havia conquistado com ‘Zen‘.
O clipe, atualmente, está com mais de 92 milhões de visualizações, sendo o 5° clipe mais assistido da cantora e subindo uma média 800 mil visualizações por semana.

Pouco tempo após o lançamento, Anitta liberou em seu canal do Youtube um vídeo tutorial da coreografia da música. Passo a passo, ela e seus bailarinos dançaram e explicaram para os fãs e admiradores como dançar e arrasar ao som de ‘Deixa Ele Sofrer‘.

No começo de setembro, a cantora lançou um desafio para seus fãs. Ela liberaria uma versão inédita de ‘Deixa Ele Sofrer‘ caso a música alcançasse, novamente, o topo do iTunes Brasil e ficasse nele durante dois dias. O desafio não foi cumprido, mas a surpresa foi liberada de qualquer forma, sendo ela uma versão acústica da canção. Essa mesma alcançou o #2 na loja digital em que foi lançada. Vamos ouvir?

Falando em iTunes, no dia do seu lançamento, ‘Deixa Ele Sofrer‘ alcançou o topo em pouco mais de uma hora, permanecendo nessa posição durante 5 dias consecutivos, e dentro do top 20 por semanas. A canção ainda foi #2 no iTunes América Latina e #69 no Mundial.
Até o momento, a música já vendeu mais de 6,8 mil cópias, sendo a 5ª música mais vendida da Anitta na plataforma.

Já no Spotify Brasil, ‘Deixa Ele Sofrer‘ debutou em #1 no ranking das 50 músicas mais tocadas no país, conseguindo mais de 200 mil reproduções em menos de 3 dias, quase 500 mil em uma semana e mais de 1,5 milhão de reproduções em um mês!
A música atualmente tem quase 11 milhões de reproduções na plataforma, e é a terceira música da Anitta mais executada.

No Hot 100 Airplay, ranking semanal da Billboard Brasil, a música teve seu debut na posição #49, tendo apenas alguns dias de contabilização para esse feito, e subindo mais de 40 posições na semana posterior. ‘Deixa Ele Sofrer‘ teve peak de #7 na tabela, sendo o sétimo top 10 da Anitta, até a data.

Em questão de prêmios, ‘Deixa Ele Sofrer‘ fez bonito! No Prêmio Multishow de Música Brasileira, ela foi indicada à Novo Hit, mas não levou. Já no Capricho Awards, foi indicada à Melhor Hit Nacional e Melhor Clipe Nacional, levando essa segunda categoria; ela também foi indicada e vencedora na categoria Melhor Clipe, do Melhores do Ano da FM O Dia. Além disso, a música ficou em 4° lugar no Caldeirão de Ouro 2015.

Nas rádios, a música teve mais de 41 mil execuções apenas no seu primeiro mês, finalizando ele dentro do top 10 das mais tocadas. ‘Deixa Ele Sofrer‘ teve peak de #6, com mais de 2 mil reproduções, no ranking diário, disponibilizado pelo ConnectMix. Atualmente, a música já possui mais de 259 mil reproduções nas rádios brasileiras.

Para finalizar e relembrar ainda mais dessa música, vamos falar de alguns lives que tivemos dela? Abaixo, selecionamos 5 performances que Anitta fez de ‘Deixa Ele Sofrer‘ e que são as favoritas da nossa equipe, esperamos que goste.

Quando questionada sobre o momento que incluiria a música na setlist dos seus shows, a cantora sempre disse que aguardaria a mesma cair na boca do povo, algo que levou pouco tempo, já que a primeira performance de ‘Deixa Ele Sofrer‘ aconteceu no dia 25 de julho, 10 dias depois de seu lançamento. Abaixo, trazemos o vídeo da segunda performance da música, que aconteceu em um show em Santos.

Com o sucesso que a música teve, sem divulgação nenhuma, Anitta só veio a apresentar ela em um programa de televisão no final de agosto, dia 23, para ser mais exato. Ela e sua amiga e parceira de gravadora, Ludmilla, foram até a caatinga gravar uma matéria especial para o Domingão do Faustão, e foi lá que vimos uma performance de ‘Deixa Ele Sofrer‘ pela primeira vez em TV aberta.

Um dos momentos mais legais do show, é quando Anitta começa a cantar a versão acústica da música e a seguir, canta a versão normal da mesma. Em outubro, sentir essa sensação no sofá de casa, durante a transmissão do ‘Show das Poderosinhas‘, que foi transmitido pelo Multishow.

Outra performance maravilhosa de ‘Deixa Ele Sofrer‘, foi no Caldeirão de Ouro 2015. Como já citado, a canção figurou a quarta posição no especial, e Anitta, num vestido lilás toda sexy, botou o público para dançar.

Para finalizar, uma performance mais recente! Separamos o vídeo de ‘Deixa Ele Sofrer‘ ao vivo no Música Boa Ao Vivo, que agora tem Anitta como apresentadora. Certamente, esse dia foi muito especial para a cantora, assim como foi para nós, que pudemos vê-la crescer e alcançar picos ainda maiores em sua carreira.

E é isso! Esperamos que tenha gostado desse especial e que tenha dado pra matar um pouquinho da saudade desse single e do início dessa era maravilhosa da Anitta! Ela já está voltando, ‘Sim Ou Não‘ está quase chegando e a CA vai te deixar sempre informadx sobre tudo!

Agenda da Anitta
Principais tags
13/05
Expo Palmeira no Complexo Esportivo
Palmeira - PR
20/05
Recinto de Exposições de S. José do Rio Preto
São José do Rio Preto - SP
25/05
Balada Loka no Pavilhões Festa da Uva
Caxias do Sul - RS
26/05
Woods Arena
Porto Alegre - RS
28/05
Show das Poderosinhas no Aud. Araújo Vianna
Porto Alegre - RS
Layout por Print Creative · Central Anitta · Alguns direitos reservados · 2014 ∞ · fãs online