Central Anitta » POPline: Anitta fala sobre EMEL, Ana Maria Braga, MC Melody, bloco barrado e mais
15
jan
16

Um dia após cantar com Projota em São Paulo, Anitta está cheia de compromissos no Rio de Janeiro. Ela entra na sala de convenções de um hotel na Barra da Tijuca, toda animada. É a coletiva de imprensa para promover o clipe “Essa Mina É Louca”. Ela cumprimenta os jornalistas, aprova o buffet proporcionado por um restaurante da moda para eles, e gasta algum tempo posando para as fotos. Quando se senta no palco, percebe que pode pagar calcinha, se levanta novamente, abaixa a saia, cruza as pernas, e sorri. Mais fotos. Mais. E mais. Ninguém para de fotografar. É preciso que um assessor peça que todos se sentem para que ela comece a falar sobre o vídeo novo. A primeira pergunta é do POPline. A segunda e a terceira, também, porque o repórter é desses.

POPLINE: Desde “Show das Poderosas”, você vem emendando um sucesso atrás do outro. Como é o processo de escolha dos singles?
ANITTA:
Normalmente, escolho pelas músicas que eu mais gosto, e também pela resposta dos fãs. Exemplo: todo trabalho, até “Ritmo Perfeito”, eram as músicas que eu mais gostava, e aí decidi lançar a que os fãs mais gostavam, que era “No Meu Talento”. Então, ou é pela minha preferência ou pela preferência do público. No caso de “Bang”, como eu já estava bem certinha mesmo com a ordem, até esse exato momento são as músicas da minha preferência. Depois, eu vou pesquisar quais os fãs gostaram mais.
POPLINE: E em relação ao clipe? Como funciona desde a primeira reunião até a edição final? Esse seu clipe novo foi desenvolvido sem que ninguém soubesse, meio sigiloso.
ANITTA:
É! (risos) É que a gente estava trabalhando “Bang”, então, para não confundir as comunicações, lançando “Bang” e falando de outro clipe, a gente fez tudo bem no sigilo mesmo. [O processo] Funciona da seguinte forma: eu comunico qual a música vai ser o seguinte single e a partir daí… Agora que estou com a parceria com o Giovanni [Bianco, diretor criativo] e o Bruno [Ilogti, diretor geral], eles começam a ter as ideias e depois me apresentam. Só que eu confio muito no trabalho deles, sei que é maravilhoso e que vai sair incrível. Então, não fico com eles me preocupando com as coisas. Eles me passam tudo por alto, eu acabo concordando sempre, porque eles já têm uma sintonia muito boa comigo, e é isso. Eu vi o clipe pela primeira vez ontem a noite [véspera da estreia]. Não tinha visto corte nenhum.
POPLINE: Você pretende manter essa parceria com eles dois nos próximos clipes?
ANITTA:
Eu pretendo. É complicado, porque é bom a gente mudar um pouco, até para as pessoas não acharem que só está legal por causa deles. Tem isso, né? Então, é legal estar sempre mudando. Mas eles, além de tudo, são meus amigos pessoais. Eu amo muito os dois. Então talvez a gente faça coisas novas juntos. Talvez não o próximo, talvez sim. Não sei. Depende um pouco do que a gente vai fazer. Da música e tal.

Bang”, o primeiro clipe da Anitta com Giovanni e Bruno, foi um acontecimento em 2015. Beirando as 100 milhões de visualizações no Youtube, o clipe gerou uma série de paródias, ultrapassou a fronteira brasileira e fez com que o disco homônimo, que saiu uma semana depois, já chegasse às lojas com certificado de ouro. O vídeo também passou o número de acessos de clipes internacionais como “Bitch Better Have My Money” da Rihanna e “Confident” da Demi Lovato. Quando teve mais uma oportunidade, o POPline tocou no assunto na coletiva.

POPLINE: Você tem uma meta a bater a cada clipe que lança? “Tantos milhões” para ficar satisfeita e considerar o trabalho bem sucedido?
ANITTA:
Eu não tenho isso, não. Não tenho essa pressão. Até porque acho que, se a gente cria essa pressão na nossa cabeça, a gente não cria um trabalho tão incrível e com tanta vontade, porque vai estar sempre focando no outro trabalho que acabou de fazer. A gente está em um tempo diferente, a gente está em janeiro, a galera está consumindo Internet de uma maneira diferente neste período. O “Bang” foi em outubro. Tudo isso influencia: o mês, se o clipe tem coreografia ou não, o tipo de dança que vai ser colocado… Tudo isso influencia no sucesso do clipe. Eu não faço essas comparações. “Essa Mina É Louca” é um clipe que não tem coreografia, é um clipe que está sendo lançado em outra época, é um clipe que a música não é inédita. Teve isso com “Bang”: as pessoas não tinham ouvido a música ainda, então se elas queriam ouvir, tinham que ir lá no clipe. Essa música é o contrário: todo mundo já ouviu. Tudo isso influencia para esse ganho rápido de views, então eu jamais faço comparação entre um lançamento e outro. Levo isso de uma forma bem tranquila.
POPLINE: Você está em um patamar de carreira muito alto aqui no Brasil. Você tem medo de errar e fracassar em algum projeto?
ANITTA:
Não… Eu acho que é normal. Acho que a gente não é dono da razão. Eu posso estar aqui super apostando que vocês vão amar, e vocês podem olhar para mim depois e falar “ai, eu achei uó”. E aí paciência. No próximo, vocês podem gostar. O mais importante é que eu goste, que minha equipe goste, que quem fez o trabalho se sinta bem e realizado. O público é uma consequência: se curtir, é óbvio que vou ser a pessoa mais feliz do mundo. Mas não vou me frustrar caso as pessoas não gostem, porque isso é super possível e eu vou ter outra oportunidade.

“COMO EU ME SINTO QUANDO…”

– Caetano Veloso diz que você é a cantora brasileira mais dotada tecnicamente de sua geração
ANITTA:
Aaaaai! Eu me sinto maravilhosa! Eu me sinto rainha!
A hashtag #AnittaLugarDeGemerÉNaCama fica no topo dos Trending Topics no Twitter
ANITTA:
Não vi, nem entendi nada. Bem, tô sabendo agora. Pfff.
“Bang” ultrapassa o número de visualizações de “Bitch Better Have My Money” no Youtube.
ANITTA: Me sinto muito surpresa, feliz, e sem acreditar!
Ao vivo, Ana Maria Braga manda você falar olhando pra ela.
ANITTA: Na verdade, eu me sinto sem entender nada quando as pessoas inventam que isso é uma grande coisa, quando, na verdade, eu nem me liguei na hora…
Leitores da VIP te elegem a mulher mais sexy do mundo.
ANITTA: Eu me sinto muito maravilhosa! (risos)
A Prefeitura do Rio não autoriza a saída do seu bloco.
ANITTA: Hum… Não entendi. Não a sua pergunta…
O álbum “Bang” já chega às lojas com certificado de ouro.
ANITTA: Eu me sinto mais motivada a trabalhar.
O pai da Mc Melody anuncia uma parceria dela com você sem te perguntar antes.
ANITTA: Eu acho engraçado!
O público do Faustão te elege a melhor cantora do ano.
ANITTA: Me sinto muito feliz e muito surpresa, muito agradecida.
O repórter faz perguntas estranhas.
ANITTA: Ahhhhh… é normal! (risos)

Matheus Postagem por: Matheus
Deixe seu comentário!
Agenda da Anitta
Principais tags
13/05
Expo Palmeira no Complexo Esportivo
Palmeira - PR
20/05
Recinto de Exposições de S. José do Rio Preto
São José do Rio Preto - SP
25/05
Balada Loka no Pavilhões Festa da Uva
Caxias do Sul - RS
26/05
Woods Arena
Porto Alegre - RS
28/05
Show das Poderosinhas no Aud. Araújo Vianna
Porto Alegre - RS
Layout por Print Creative · Central Anitta · Alguns direitos reservados · 2014 ∞ · fãs online